VOCÊ CONCORDA QUE PREVENIR AINDA É O MELHOR CAMINHO?

Quando adquirimos um novo “pet”, seja cão ou gato, muitas vezes nos esquecemos da melhor forma de prevenção contra determinadas doenças infectocontagiosas de uma maneira extremamente simples e eficaz:  A VACINAÇÃO!

 

LEMBRE-SE DE VACINAR SEU AMIGO

 

As vacinas têm por objetivo criar anticorpos contra agentes virais e bacterianos que podem causar sintomas graves, podendo levar a óbito alguns pacientes de acordo com a evolução da doença. Cães e gatos filhotes podem ser vacinados a partir de 45 a 60 dias de vida, sendo sugerido um protocolo de 3 doses de vacinas múltiplas (ou polivalentes) e 1 dose de vacina antirrábica aos 4 meses de idade. O intervalo entre as doses de vacinas pode ser de 21 a 30 dias de acordo com o protocolo usado pelo médico veterinário responsável.

No caso dos cães, a vacina múltipla mais comum é a V8 ou V10 que os protege contra doenças como cinomose, parvovirose, coronavirose, hepatite infecciosa, leptospirose e doenças do trato respiratório. A diferença é que a vacina V10 protege contra 2 tipos de cepas de  Leptospira a mais em relação à V8. Mas ambas protegem contra as mesmas doenças, sendo a V10 a mais utilizada atualmente, principalmente no caso de cães que têm maior probabilidade de contato com roedores.

É importante orientá-los que em regiões onde existe maior probabilidade da ocorrência da leptospirose (doença transmitida por roedores e que trata-se de uma zoonose), os cães devem tomar um reforço de vacina para proteger contra essa doença a cada 6 meses (existe uma vacina específica para leptospirose).

No caso dos gatos domésticos, pode ser realizada imunização com a vacina V3, V4 ou V5. A V3 (tríplice felina) protege contra a panleucopenia, calicivirose e rinotraqueíte. A V4 (quádrupla felina) apresenta proteção contra essas mesmas doenças, e também clamidiose. A V5 (quíntupla felina) protege contra as doenças citadas anteriormente, e também contra a leucemia viral felina. Na dúvida de qual escolher, siga as orientações do seu médico veterinário. Nós achamos a V4 uma excelente opção.

O reforço vacinal é fundamental para proteger esses animais durante toda a vida, sendo realizadas uma dose da vacina polivalente e 1 dose da antirrábica uma vez por ano.

Nosso objetivo com esse artigo não é explicar cada uma das doenças citadas, mas orientá-los sobre a importância de realizar a imunização completa de cães e gatos e zelar pela boa saúde dos mesmos, evitando inclusive gastos extras para seu bolso.

Muitas vezes, nos deparamos com pensamentos do tipo: “Será que vale a pena vacinar?”, “Será que vou gastar muito?” ou ainda “Estou sem tempo para levar ao veterinário…”.

Espero ter contribuído para convencê-los nesse artigo que a vacinação é o melhor investimento anual que podemos fazer pelo nosso “amigo de 4 patas”. Algumas vezes,  muitos tutores de cães e gatos deparam-se com um quadro de doença infecciosa que acomete seu pet e custos inesperados com tratamento, além do risco de óbito do paciente, que pode ocorrer pela falta de realização dos métodos preventivos.

 

CUIDE SEMPRE COM CARINHO E RESPONSABILIDADE DE QUEM VOCÊ AMA E SEJA MAIS FELIZ!!!

 

Dra Patrícia Moraes

Hospital Veterinário Paes de Barros

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *